Edifício Fábrica das Devesas
Ivo Tavares Studio

Edifício Fábrica das Devesas

Anarchlab, Architecture Laboratory como Arquitetos

O prédio intervencionado faz parte de um conjunto de edifícios mandados construir pela Fábrica de Cerâmica das Devesas, no Porto, que funcionaram como depósito e mostruário dos vários produtos fabricados na época pela mesma empresa. Esse conjunto é formado por 3 prédios: um maior, concebido para escritório, depósito de produtos, loja, salão de exposição e mostruário, com uma fachada imponente voltada para a Rua José Falcão; o prédio que intervencionamos, que foi a oficina de mármores, mas que possuía também valência de habitação no piso superior; e ainda uma casa que pertenceu a Feliciano Rodrigues da Rocha, um dos três sócios da Fábrica das Devesas.

A antiga oficina de mármores situa-se na Rua da Conceição, existindo um pátio comum a este edifício e ao do depósito, que funciona como uma rótula entre ambos, articulando as suas implantações para as duas ruas, Rua José Falcão e Rua da Conceição, perpendiculares entre si. Apesar de ser classificado como Monumento de Interesse Público, todo o interior da construção encontrava-se completamente demolido quando o projecto foi iniciado, restando apenas, da construção original, as fachadas e cobertura já em mau estado.

A transformação programática, inevitável, teve em conta o legado histórico e arquitectónico do edifício original que tinha resistido: as fachadas, principal e Nascente, foram reabilitadas integralmente sem qualquer alteração, ao passo que a fachada Sul, já descaracterizada, ganhou protagonismo no conjunto, com um novo esquema cromático e com a introdução de um óculo redondo que confere equilíbrio geométrico e retorna a comunicação com a envolvente. No interior, a essência do antigo armazém de pedras é mantida: após o percurso de subida, de morfologia semelhante ao original, somos recebidos por uma ampla e extensa zona comum, plena de luz natural, que revela o pé-direito característico e marcante do espaço existente, completamente imperceptível desde a rua.

A estrutura que reforça todo a construção existente e a acrescentada, a cobertura renovada e o último piso, surge exposta, marcante, ajudando a evidenciar a métrica das entradas nos apartamentos, do percurso de subida ao piso superior e da modulação das grandes claraboias de vidro que permitem a entrada de luz natural. Existem agora 12 apartamentos no interior, desde a tipologia loft com mezanino até apartamentos T2, distribuídos por 2 pisos principais, mais um último de menor área, que constitui os mezaninos. Organizados no seu interior através da cuidada distribuição de volumes simples (armários, cozinhas, casas de banho) de aspecto monolítico, como os blocos de pedra que povoavam o armazém no fervilhar da actividade da antiga Fábrica de Cerâmica das Devesas, o espaço habitável torna-se assim o vazio resultante do diálogo entre estas massas construídas, simples, de tons neutros, como o cinza e o preto, sobre madeira de riga que constitui o plano onde repousam os grandes volumes maciços.

Esta história está disponível em vários idiomas
Compartilhar ou adicionar Edifício Fábrica das Devesas às suas coleções
Folha de especificações do produto

Open Shut House
próximo projeto

Open Shut House

Casas Particulares
Kooyong VIC, Australia - Construção concluída em 2020
Ver projeto